Barra de chocolate contém pelo menos oito pedaços de barata

Para quem curte um chocolatinho, a notícia não é nada agradável. Segundo a Food and Drugs Administration (FDA), o órgão que faz o controle dos alimentos e remédios lá nos EUA, um barra de chocolate comum contém, em média, oito pedaços de barata.

A contaminação, de acordo com o estudo, acontece durante o armazenamento e o transporte do chocolate. Cientistas acreditam que esse ingrediente extra, os tais pedacinhos de baratas, pode ser o responsável por causar coceira, irritação e cãimbras em pessoas que, aparentemente, são alérgicas a chocolate — e não o doce em si.

Para a FDA, até então, desde que não haja mais do que 60 pedaços de baratas em cada 100 g de chocolate, está tudo bem e a gente pode se esbaldar. E nem adianta fazer o radical e querer abolir o chocolate da sua vida: vários outros alimentos estão sujeitos à mesma contaminação, como frutas e queijos. 

As informações são da Revista Superinteressante.
 

Recomendados para você