Taxista vive momentos de terror durante assalto em Jundiaí

Um taxista viveu momentos de terror na noite desta quinta-feira (10), em Jundiaí. Uma corrida solicitada por volta das 22h terminou em assalto e sequestro que teve início no Cecap.

Segundo informações do motorista D.C.A., que recebeu o chamado, a primeira ligação veio às 21h48, de um número não identificado, em que um homem pedia uma corrida até o Varjão. “Recebi a ligação solicitando o táxi, mas como era um número não identificado, disse à pessoa que não poderia enviar o carro desta forma”, conta. Minutos depois, em uma nova ligação, um outro homem solicita o táxi na Rua Uva Niagara, no Morada das Vinhas. Como não podia atendê-lo, o motorista repassou o chamado para outro colega, que sofreu nas mãos do assaltante.

Ouça o áudio das ligações:


“Assim que o homem entrou no carro, anunciou o assalto e levou tudo que tinha, dinheiro e celular. Depois, o colocou dentro do porta-malas e, segundo soube, fez outra vítima no Horto Florestal”, relata. A vítima foi deixada pelo assaltante próximo a Rodovia João Cereser.

Para D.C.A., apesar de todas as precauções tomadas para evitar assaltos, falta segurança aos taxistas na cidade. “Infelizmente, mesmo tomando várias medidas, como não aceitar ligações de números privados, gravar as ligações e rastrear os chamados, estamos sujeitos à criminalidade”, desabafa.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil. Quem tiver qualquer informações sobre o criminoso pode denunciar anonimamente pelo 190 ou 181.
 

Recomendados para você