Wet’n Wild desmente falta de acordo salarial com funcionários

Wet’n Wild desmente falta de acordo salarial com funcionários

Em nota oficial, o parque aquático Wet’n Wild, em Itupeva, afirma que "não há e nem nunca houve pendência referente a salários e benefícios" com funcionários.

Nesta segunda-feira (12), aconteceu uma manifestação com representantes do SINDIVERSÃO (Sindicato dos Empregados e Trabalhadores nas Empresas de Entretenimento, Casas de Diversões e Similares) de Jundiaí e Região.


Faixas foram colocados perto da entrada do parque.

"Não houve um acordo com o sindicato. Muitos ficaram revoltados e não foi apresentada uma proposta decente. Se não houver um bom acordo, na sexta-feira vamos paralisar as atividades do parque", ameaçou o diretor do sindicato, Marcelo Giusepio.


Já a assessoria do Wet'n Wild afirma que não houve nenhuma manifestação de qualquer natureza por parte dos funcionários.

"O que ocorreu foi um ato unilateral do SINDIVERSÃO, sem envolvimento algum dos colaboradores", enfatiza trecho da nota. 

Ainda de acordo com o texto, a reposição salarial referente ao dissídio foi paga a todos os funcionários, sem exceção, "os quais recebem, como sempre, os seus salários atualizados e rigorosamente em dia".

A última reposição salarial teria sido aplicada com um percentual de reajuste salarial acima do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), de acordo com o parque, enfatizando que as atividades no local permanecem normalmente, sem nenhum prejuízo aos frequentadores.

Recomendados para você